O véu possui um simbolismo antigo. Ele começou a ser usado na Grécia Antiga como proteção da noiva para os maus olhados, e também é um simbolismo de pureza e castidade da noiva. É uma simbologia que se mantém até hoje, porém, ele vem em formas e usos diferentes, não é toda noiva que usa o véu no rosto, como antigamente. As noivas mais modernas o usam para trás, porém, as mais tradicionais ainda o usam cobrindo o rosto até a chegada no altar.

No nosso atelier o véu é confeccionado geralmente em tule francês. Existem diversos tipos de véus.

Véu longo, véu ponta de dedo, véu cotovelo, véu ombro e voilette, a mantilha e a semi mantilha.

Véu Longo. É o mais tradicional, geralmente usado em igrejas e catedral, possui de dois a cinco metros de comprimento. O véu que as noivas mais gostam é o liso e o comprimento que mais confeccionamos é o de três metros e meio, tanto no off White quanto no branco.

Noiva Grace Kelly

Véu Ponta de Dedo. Esse véu recebe esse nome pois o comprimento dele é até a altura da ponta do dedo da noiva.

Noiva Jéssica

Véu Cotovelo. O comprimento desse véu termina geralmente no cotovelo ou na altura da cintura da noiva. É importante que o vestido seja mais liso e que não possua uma cauda muito grande.

Noiva Daniella

Véu Ombro. É o véu mais curto que tem, noivas mais despojadas e modernas gostam muito desse tipo de véu, ele fica bem com vestidos tomara que caia e casamentos mais despojados ao ar livre. Não possuímos muitos pedidos para esse tipo de véu em nosso atelier.

Voilette. São acessórios bem curtos que cobre o rosto, metade ou apenas o cabelo. É despojado e com muita personalidade, além de trazer um ar vintage a noiva.

Grinalda. Todas as pecas que compõe o penteado se chama de grinalda, pode ser usada com o véu ou sozinhas, e esses elementos podem ser: presilhas, tiaras, coroas, flores, etc.

Noiva Heloisa

Outro adorno é a mantilha que é de origem hispânica e o correlacionam a pureza, juventude e humildade. Ela pode ser longa ou curta e o diferencial da mantilha fica por conta dos bordados, aplicações em renda no barrado, sendo que, esses bordados, rendas, etc, devem acompanhar o estilo do vestido, para existir uma harmonia visual.

Semi mantilha. Criamos no atelier e é uma mistura do véu liso e da mantilha, é o véu favorito das noivas que usam Rubia Dallarmi, é escolhido por ter o barrado de renda que enfeita o altar, mas preserva a leveza ao redor do rosto, já que nossos vestidos muitas vezes têm alças, mangas e decotes com bordados e texturas, assim a estética final fica leve.

Noiva Adri

Aconselhamos que se o vestido já possuir muito bordado, rendas, pedrarias seja usada um véu liso, pois a mantilha, pode poluir a imagem final.

fevereiro 13, 2019

A diferença entre véu e mantilha

O véu possui um simbolismo antigo. Ele começou a ser usado na Grécia Antiga como proteção da noiva para os maus olhados, e também é um […]
fevereiro 13, 2019
O PEDIDO O pedido foi no dia 11 de junho de 2017, quando fomos até Campo Largo fazer um passeio de balão. Era um domingo de […]
dezembro 21, 2018

Conheça os formatos e estilos de buquê de noiva

Indecisa na hora de escolher o seu buquê? O buquê é muito mais do que apenas flores, ele deve condizer com a estética do seu casamento […]
dezembro 20, 2018

O dia inesquecível de Thaysa e Thiago – casamento ao ar livre

O PEDIDO O pedido de noivado, ocorreu em 15 de abril de 2016, o Thiago me enganou falou que me levaria para sair, e no caminho […]